Retirada de Trilho em Dona Euzébia

Amigos dos Povos (sem) Trilhos da Zona da Mata, redondezas e outras Regiões.

Estamos acompanhando abismados o processo da retirada dos trilhos da antiga Linha Mineira em Dona Euzébia, na Zona da Mata.
 
Parabéns aos envolvidos nessa luta inglória e em especial à ONG Pacto Ambiental pela oportuna intervenção em tempo hábil, denunciado o corte de árvores não autorizado para retirada dos trilhos e com isso impedindo a retirada de parte restante dos trilhos.
 
Pelo que dizem, parece que o provável recebedor dos trilhos de Dona Eusébia é o velho conhecido nosso, o Paulo Henrique da OSCIP AMIGOS do TREM/JF/MG, que talvez queira levar os citados trilhos para Miguel Pereira, onde ora está instalada a automotriz Budd (bitola 1,60m) que também lhes foi cedida pelo DNIT, e está instalada no trecho da antiga Linha Auxiliar (bitola 1,0 metro) no Município de Miguel Pereira, que recebeu um grande trecho do DNIT (vejam doc anexado) que cruza outros municípios da Região.
 
É importante registar que quando o DNIT transfere os bens, a Cessão de USO é por prazo determinado (normalmente vinte anos). Portanto, é de supor que, ao final do prazo, os bens sejam devolvidos integralmente nas condições em que foram entregues, não procedendo de maneira alguma a retirada dos trilhos bem como a destruição de caixas d'água, estações, desvios, etc.!!
 
Causa espanto o envolvimento da OSCIP Amigos do Trem nesse episódio nefasto, sobretudo considerando-se que eles tem sido agraciados com "generosidades" do DNIT.
 
O trecho de Miguel Pereira ainda tem muito trilho TR-37 e 45. Será que eles vão vender esses trilhos de Dona Eusébia para fazer caixa para os seus projetos? O alargamento do leito em Miguel Pereira para automotriz circular só avançou 400 metros e o percurso turístico previsto é de 4,5 km, entre M. Pereira e Gov. Portela.
 
Finalizando, creio que o material anexado pode lhes fornecer algum subsídio e merece, portanto, uma análise jurídica, sobretudo quanto a superficialidade da entrega dos bens pelo DNIT sem nenhuma exigência adicional mínima no que tange quanto à conservação dos bens cedidos, etc..
 
Um escárnio, eu diria.
 
Abraços aos lutadores!
Antonio Pastori
FUVI0111ADANAUL
FREE Joomla! template "Adana"
joomla 1.6 templates by funky-visions.de