Recuperação de Acervo

Após longos meses de negociação e articulação, inicia-se a recuperação do acervo documental do Movimento de Preservação Ferroviária – MPF, que estava em uma sala na Estação Barão de Mauá, no Rio de Janeiro, dentro dos espaços do Serviço Social das Estradas de Ferro – SESEF. O acervo foi catalogado pelo Liquidante do SESEF e recebido pelo MPF e pela Associação dos Engenheiros Ferroviários que o abrigará em suas instalações.

Em 10/8 o material foi separado, embalado e retirado da área do SESEF, sendo transportado para uma sala da Associação de Policiais Ferroviários ainda em Barão de Mauá. Em seguida o material será transportado para uma sala na Associação de Engenheiros Ferroviários em frente à Central, no Centro do Rio de Janeiro.

O próximo passo será a higienização e a catalogação do acervo para o qual será necessária a contratação de pelo menos uma pessoa por alguns meses. O trabalho será supervisionado por Lucina Matos, a quem se deve o sucesso até aqui da empreitada.

A retirada do acervo do MPF da Estação Barão de Mauá deixa dois sentimentos contrários. Por um lado nos traz a alegria de começar a dar ao acervo o tratamento que ele merece. Por outro lado essa saída evidencia o crescente abandono a que está relegada a Estação, sem elevadores, com parte da energia elétrica desligada, andares vazios e espectrais, infiltrações pelas paredes... É esse o tratamento que a sociedade dá a um dos mais importantes bens do Patrimônio Ferroviário Histórico do Brasil?

FUVI0111ADANAUL
FREE Joomla! template "Adana"
joomla 1.6 templates by funky-visions.de